Trench – palavra das trincheiras

Do Largo dos Laranjais para o Salão Nobre da Associação Cultural Convívio em Guimarães, onde o Colectivo Silêncio da Gaveta apresentou um espectáculo poético-musical em Março de 2000.
No passado dia 19 de junho, a ameaça de um tempo de lágrimas originou a transferência da apresentação do Trench para um espaço de memória do Colectivo.
O jogo das trincheiras “praticar a guerra para fazer o amor” foi a metamorfose vivida entre a poesia e a arte de ser Trench.
Imagem
 Tiago Pereira (violino)  João Rios (leituras)  José Peixoto (guitarra e acordeão)
Imagem
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s