Imaginarius Colectivo

As ruas, as praças, imaginadas por artistas de lugares e culturas tão diversas quanto a criatividade.

Maria olha o clautro do comboio, o convento do mercado, a escadaria medieval, a estação da igreja, o matadouro imaginarius, a feira da casa. Santa é a comunidade, pioneira na metamorfose artística do bem receber.

Maio doou os dias 24,25 e 26, a Santa Maria da Feira. Imaginarius pensa já o Portugal artístico do ano que vem, com o olhar no mundo das artes de rua: a dança, o teatro, a performance, o graffiti, o circo, a instalação, a música ou a poesia que para lá da palavra habita toda a criação.

Desta vez participaram na 13ª edição do Festival Imaginarius, mais de 400 artistas, de 16 países, a reinventar espectáculos, 25 em estreia nacional.

O Colectivo Silêncio da Gaveta foi na Biblioteca Municipal de Santa Maria da Feira, numa performance poético-musical “gente com luz própria” a abraçar a exposição de retractos do universo afectivo no imaginarius de Isabel Lhano.
 
Imagem
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s